segunda-feira, 19 de janeiro de 2009

cap VI -Morrer é o primeiro passo para viver eternamente


A declaração de Massaro que ele realmente era um vampiro me fez pensar em muitas coisas e principalmente no perigo que isso poderia significar para mim.
Voltei no dia seguinte a casa de Massaro ,mesmo com todo o transtorno que estava em minha mente , era impossível eu parar de pensar se quer um minuto a não ser nele e em sua família misteriosa.
Cheguei a porta do castelo e Alfred me recebeu , este senhor mais parecia o porteiro da família do que o próprio avô idoso da família ,mas também nunca me questionei de nada com ele.
Quando cheguei ao castelo a primeira coisa que fiz foi subir imediatamente as escadas , e indo para o quarto de Massaro.
Novamente e meio que também como de esperado estava Merriam na entrada da porta do quarto do meu amado.
- Queres ir aonde humana ? – perguntou Merriam num tom abusado
- Oras pro quarto de Massaro , não estás vendo? És cega minha querida? – respondi com toda a sinceridade possível.
- Ah mais não vais mesmo!
- Você enlouqueceu Merriam? -disse
- Para você sua pobre carne humana , é senhorita Merriam – retrucou a maldita.
- Pobre carne humana? – perguntei com ar de ironia.
- Não percebes que nesta luta tú não tens chance...
- Porquê não teria?
- Eu sou o predador e você a presa!
Quando Merriam acabou de falar esta última frase , parecia que eu estava dentro de um congelador de açougue .No Alaska divinamente coberta com somente um vél . Minhas mãos tremiam e meu corpo esfriava , eu estava literalmente nas mãos de Merriam .Como ela disse ,ela era o predador e eu a presa e nada poderia mudar aquela situação momentânea .
Acho que foi a primeira vez em minha longa vida que realmente senti medo ,sim a palavra certa só poderia ser essa .Medo de em um simples segundo sumir ,virar vento e voar para longe , para a eternidade .E talvez o principal naquele momento , sumir , desaparecer e nunca mais ver Massaro.
Isto para mim era algo surreal naquele segundo ,então tive medo ,como uma lebre tem de uma onça.
O medo tomou conta de mim ,se possuiu de mim naqueles instantes , pois a morte era o fim para mim.
Pois é ,naqueles dias acho que eu não sabia detectar que a morte não é o fim de tudo e sim o começo de algo novo ,de algo diferente que durará a eternidade.
- O que vais fazer comigo Merriam? – perguntei com os olhos de um bizerrinho quando se perde da mãe.
- O que achas? Melhor o que queres?
- Vais me matar?
- Bom ,Safira te matar acho que seria pouco. Alguém como você a morte não gostaria de ter por perto .Alguém sem sal , sem graça , ah a morte gosta de pessoas interessante .E sabe lá para onde os humanos vão quando morrem? Será o paraíso?Eu não sei , não morro , minha morte é eterna ,nunca poderei saber – disse Merriam bem pensativa.
- Merriam ,fale afinal o que procuras ... – disse num tom aterrorizado mas tentando demostrar sutileza .
Mal pude piscar os olhos para completar a frase por inteira e vi.
Pela primeira vez em minha vida vi uma vampira em ataque . No mesmo segundo em que pisquei,
Merriam colocou suas garras para fora e me agarrou como se quissese dançar uma dança de enamorados.
- Merriam , isso é um equivoco não faça isso!
- Fique tranquila minha querida , depois disto a eternidade estará a tua espera – falou no mesmo tempo em que segurava com suas delicadas mãos o meu pescoço.
- Espera Merriam ,por favor uma última coisa ...aonde está Massaro? –perguntei
- Provávelmente ele não está te esperando!
E como num passe de mágica ,como em contos de fadas aconteceu o pior .Merriam agarrou em meu pescoço e sugou , sugou até a última gota de sangue de minhas veias.
Enquanto ela se deliciava com meu sangue virgem , como nas poesias românticas Massaro apareceu .
Eu estava a beira da morte ,quase inconsciente .Não conseguia ver muito bem o que acontecera naquele momento ,por isso não tem como eu entrar muito em detalhes .Só consegui ouvir Massaro falando horrores para Merriam e a ameaçando .Não lembro de nada depois ,só sentia dor e isto me fazia esquecer de tudo ,da minha existência , só não conseguia esquecer Massaro .
Entre minha cabeça doendo ,e meu corpo enfraquecido ,só consegui pensar no gesto de Massaro .Ele tinha me salvado ,e isso eu só achava que acontecia com os outros e nunca comigo.
Mais uma vez tinha me equivocado com os meus pensamentos apressados .
- Minha querida , consegues me ouvir? –perguntou Massaro num gesto sútil e delicado
Eu estava deitada novamente em sua cama , e muito fraca devito a perca de sangue.
- Safira , só há uma solução agora a fazer – disse Massaro enquanto eu só ouvia por não ter força suficiente para soletrar se quer uma frase.
-Vou ter que te transformar em vampira.
Meus olhos naquele momento se arregalaram , eu estava muito assustada com a decisão de Massaro .Mas era a única chance de eu sobreviver ao ataque de sua irmã.
- Vai doer ? –perguntei com minhas últimas forças que sobraram.
- Bem menos do que o que a infeliz da Merriam te fez. Depois vais ver o mundo de outra maneira. –disse Massaro.
Com toda delicadeza e ternura possível que se pode encontrar em um homem ,Massaro se cortou com uma pequena faca que havia na escrivaninha do quarto . E com mais ternura abriu minha boca.
- Beba isto ,vai te fazer bem – disse ele.
Enquanto eu bebia seu sangue ,senti meu corpo todo se balançar e uma dor inacabável dominar todo o meu corpo ,como um furacão que arrebenta cidades em questão de segundos .
- O que é isto Massaro? O que está acontecendo comigo? – perguntei euforia sem saber do estava e me esperar.
- Estás morrendo – respondeu ele com uma frieza, como se fosse algo normal.
- Como assim estou morrendo?
Eu tremia dos dedos do pé até o ultimo nervo de minha cabeça , tudo estava em transformação e eu nunca senti aquela sensação .Novamente não poderei dar muitos detalhes ,pois só quem sente esta sensação poderá saber .É tão grande e intenso que só sentindo na pele para saber sua imensidão.
- Safira ,minha querida .
-O que foi querido? O que significa morrer neste momento?
- Virar vampira ,morrer para a eternidade –respondeu ele.
- Não consigo entender este verbo seu ...morrer –disse.
- Morrer é o primeiro passo para viver eternamente...
Em poucos segundo consegui sentir todos os meus sentidos ,movimentos mudarem .Era algo divino , posso descrever como um milagre da vida .Não direi exatamente de Deus , pois não acredito que seres como eu Deus não tenha criado .Afinal os humanos são a figura de Deus na terra .Se nós vampiros fossemos criaturas de Deus ...Seria Deus um vampiro? [...]


Lais Adelita

54 comentários:

  1. Gostei do conto...

    Histórias de vampiros me fascinam!!!!!

    ^^

    ResponderExcluir
  2. Gostei do conto...

    Histórias de vampiros me fascinam!!!!!

    ^^
    AINDA MAIS DE VAMPIRAS BELAS COMO VC!

    MUITO BOM!
    TENHO QUE VOLTARRRR


    ^^

    http://transgressivas.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. háháhá... obrigada pela visita!!!

    Volte sempre!

    ResponderExcluir
  4. Obrigada pela visita quridda! adorei teu blog tb...e os vampiros..ah..estão em todos os lugares!

    Uma beijoca da Ma.

    ResponderExcluir
  5. então Laís, acho que consegui add esse seu blog aqui!!
    Mas tenho uma dúvida, como é que faço para colocar uma imagem no início igual essa sua??

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. '
    adorei.

    Prometo voltar quando tiver um tempo maior pra ler tds.

    ResponderExcluir
  7. Doidera, heim?!
    Deus, vampiro? Quem sabe, né?!
    Beijo

    ResponderExcluir
  8. Ahaaaaaaa acho que dessa vez vou conseguir comentar *-*

    Continue escrevendo! Viva a literatura nacional \o/

    Quero que você escreva um livro *-*

    ResponderExcluir
  9. muito interessante isso, adorei a historia, passarei mais vezes me lembrou Crepusculo
    :D

    ResponderExcluir
  10. vampiro tá na moda né, mais eu não curto essas coisas sombrias !


    kkkkkkkkk

    [/sinceridade]


    Bjão

    ResponderExcluir
  11. meu.. muito bom..!
    eu fico imaginando cada cena..! cmo se fosse um filme..!e fico me perguntando..se tem pessoas q num gostam de historias assim pq ainda lêem e criticam?! pssssssss.!..
    ta muito bom o texto!..continua que eu to amando! ;D

    ;**

    ResponderExcluir
  12. Mais um capítulo fodástico! Não vejo a hora de ir na estréia do seu livro e ganhar um autógrafo. aioeaiohei'
    Te adoro, besta. *;

    ResponderExcluir
  13. adoreii :))

    a forma como ela vira vampira é incrível.
    :*

    ResponderExcluir
  14. Pow q Show!!
    o Massaro é o Edward? rsrsrsrsrsrs

    to te acompanhando Lais..
    perdao pela demora de responder!!!

    Beijao Linda se cuida!

    Thullio.

    ResponderExcluir
  15. hehehehehe!!
    é eu percebi!!

    eae ta confiante no 2º filme?
    pq esse foi um pouco fraco né??? faltou mtas coisas do livro..!
    possa ser q tenha sido assim por ser o 1º e tbm os atores serem a 1º experiencia!!!

    vou acompanhar sim Lalai!! beijaoo

    Thullio.

    ResponderExcluir
  16. Oooonw !!

    Ameii o contoo sobree vampiross..

    Essas histórias são sempree muitoo instigantess..

    O teu blog tá linndoo, Lais !!

    Parabéns.

    Beijoos

    www.maisq1historia.blogspot.com

    ResponderExcluir
  17. Parabéns pelo espaço e vc pela escrita bem colocada ... Fascínio pelo mundo vampiresco ...
    Abraços,
    SURTADO

    ResponderExcluir
  18. Olá, obrigado pelo comentário no blog...o verso é do Rilke (o título do blog), e nunca vi outra tradução possível, levando-se em conta que foi escrito no alemão antes da reforma linguística, então, meus avós, que eram austríacos, e com quem aprendi alemão, deixaram uns dicionários antigos em casa, e foi lá que eu busquei os termos para traduzi-lo...mas, de toda forma, muito obrigado...

    ResponderExcluir
  19. aí a primeira estrofe da Die Erste Elegie, do Rilke:

    Wer, wenn ich schriee, hörte mich denn aus der Engel
    Ordnungen? und gesetzt selbst, es nähme
    einer mich plötzlich ans Herz: ich verginge von seinem
    stärkeren Dasein. Denn das Schöne ist nichts
    als des Schrecklichen Anfang, den wir noch grade ertragen,
    und wir bewundern es so, weil es gelassen verschmäht,
    uns zu zerstören. Ein jeder Engel ist schrecklich.

    ResponderExcluir
  20. Deus conto é liindo!
    Amei a história!
    é bela e envolvente, facinantee e bem escrita!

    http://contosdefadaas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  21. Nunca li algo tão incrível! vc pode competir com a Stephenie Meyer!
    que pena que eu so começei a ler nesse capitulo, mais quando eu tiver um tempinho vou ler os outros!
    Obrigada pelo comentariio no meu blog!
    espero vc lá mais vezes!
    Beijo

    ResponderExcluir
  22. Selo pra você!!

    Sucesso. Estou no capítulo 4 ainda!!
    beijão

    ResponderExcluir
  23. Você escreve muito bem! Eu nunca teria metade da criatividade que você tem!
    Meus parabéns. mesmo!

    continue assim.. E obrigada pelo seu comentário!
    Um beijo..
    http://milagredosnovostempos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  24. quanta criatividade hein menina ?
    parabeeeens :D

    http://todomundotogether.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  25. Legal tá ficando muito show. essa loura-morago é incrivelmente cativadora.
    Depois que ela se transformar, eu queria que ela desse uma surra nessa Merrian.Ai ai esse Massaro é uma coisa mesmo, vou te uma dica lê o Vampiro Armand de Anne Rice é muito esclarecedor, por favor não para de escrever quero saber o que vai acontecer com Safira-chan .
    Beijinhos e Ciau.
    Valeu :)

    ResponderExcluir
  26. Hey, tem selo pra ti lá no meu blog !
    http://sombradaamendoeira.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  27. Cada capítulo fica mais envolvente...
    Quando publicá-lo já tem uma leitora querendo um exemplar...

    tbm estou mto curiosa para saber o que acontece com Safira.

    bjus Laís
    arrazandooooo.

    ResponderExcluir
  28. Colokei um selo p vc no meu blog :) dps passa la ;*

    ResponderExcluir
  29. Geralmente não vejo textos assim grandes em blogs. Muito bacana.

    Bjo!

    ResponderExcluir
  30. Indiquei você para o "Olha que blog maneiro"! Depois da uma passadinha la no meu ^^

    beijos, ana . sappy

    http://www.umaparanoia.blogger.com.br

    ResponderExcluir
  31. Aíí meu deus cadê a continuaçããão?!??!?!
    to amando essa historiaaa..
    Vampiros...adorooooooooo
    bjusss
    http://taynalu.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  32. Acho muito interessante vampiros... Como seria ser um vampiro??????

    Tô amando cada palavra das suas crônicas... Já estou acompanhando e espero que passe pelo meu cantinho de vez em quando...ok

    Parabéns...

    Bjus no coração...

    ResponderExcluir
  33. Laís, tem Meme para você no meu blog
    bjaum

    ResponderExcluir
  34. Muitoooo bom mesmo... adoro seus texto, leio toda vez que sai um novo... me acho meio vampiro
    auhsuahsuhaushuahsuhaushuhaushshua

    parabens mesmo... eu quero uma copia do seu livro tá. XD

    http://opoestadeplutao.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  35. ...

    O que vimos não é tão romântico assim...

    há décadas não dormimos.
    há décadas desaparecemos.

    Le Marquis.

    ResponderExcluir
  36. vou sim , me mudei ta meio confuso pra postar ainda


    em breve...

    ResponderExcluir
  37. Nããããoooo!!!! Vampirinho de Crespúsculo nãããããooooo!!!

    Chamem o Blade! Chamem o Blade!

    ResponderExcluir
  38. Occasum

    Autor: Orácio Felipe

    Johann é imortal. Mas a imortalidade carrega consigo muitas angústias. A maior delas, a falta de um amor que a acompanhe. Ele buscava, como criatura das trevas, uma companheira que pudesse transformar. Ele buscava um antídoto e havia conquistado alguma força compondo poesias, admiradas tanto pelos seus criados, Igor e Fredy, quanto por aqueles que o perseguiam. Seus buquês de palavras, como costumava chamar, eram entregues àquelas que admirava. Mas havia uma única rosa em seu caminho, para a qual ele passaria a dedicar sua existência, que não era efêmera. Um vampiro buscando extinguir sua chama assassina através do amor de uma mulher. Um soneto pode aliviar a dor no coração frio de uma criatura?

    www.clubedosautores.com.br

    ResponderExcluir
  39. OLÁ LAIS DEVO CONCORDAR COM VC POIS EU TBM SOU UMA VAMPIRA ESTOU POSTANDO ISTO ESCOMDIDA DOS MEUS PAIS PQ EU QUEBRO UMA REGRA PARA AVISAR Q OS VAMPIROS VÃO DETONAR AS CIDADES ANOITE DIA 26/12/2010 SOU UMA VAMPIRA DO BEM POIS PORIÇO Q TO AVISANDO EU TBM TENHO Q DERROTAR A CIDADE MAS NÃO QUERIA MAS SE NÃO DERROTAR ELES ME MATARIAM POIS SE CUIDEM E NESSE DIA SE ESCONDAM PQ A CIDADE SERA DERROTADA . POIS QUANDO DER TRAGO MAIS AVISOS ATÉ O DIA 26?12?2010 ADORO SANGUE E PESSOAS COMO VCS BJS DE MEUS DENTES ADORAVEIS

    ResponderExcluir
  40. OLÁ ,AQUI É UMA VAMPIRA PERIGOSA GATA DE + NINGUÉM ME RESISTE MAIS NÃO MECHAM COMIGO PQ SOU RAPIDA DE MAIS VOU ATÉ VC NUM PISCAR DE OLHOS
    BJS DE MEUS DENTES SANGRENTOS

    ResponderExcluir
  41. assa vampira que esta acima de mim,ja que pode chegar a mim rapido,pesso venha ate minha casa e me transforme
    para falar comigo me add no seu msn ou deixa outro recado aki mesmo
    msn:kricharda@hotmail.com

    ResponderExcluir